TIGGO 7 EM SÃO PAULO

TIGGO 7 EM SÃO PAULO, se tem uma marca que conseguiu dar a volta por cima no Brasil mesmo com o preconceito gigantesco dos brasileiros, essa é a Cherry, e agora comandada pelo grupo Caoa, e com produção Nacional de todos os seus veículos.
A chinesa conseguiu acima de tudo se reerguer, e hoje em dia vem se tornando referência no mercado, em relação a custo-benefício principalmente em alguns dos produtos mais populares Tiggo 5x, Tiggo 2, e Tiggo 8 que pode levar até sete passageiros, fora os dois sedãs.
Sobre tudo o mais vendido da marca, ele tem o número bastante expressivo, comercializando cerca de mil unidades mensais, e já se encontra à frente de alguns concorrentes de marcas, bem mais tradicionais, como Honda WR V, Citroen C4 Cactus, Peugeot 2008, e tem meses que ele bate até mesmo é Renault Captur em vendas.
Um ponto que chama a atenção, é o quão rápido a marca atualiza seus veículos lá fora, o Tiggo 7 que compete com o Jeep Compass, Mitsubishi Eclipse Cross, e Hyundai New Tucson.

 

Chegou por aqui em 2019, no mesmo, ano na China ele recebeu um, Face lift, e já em 2020, uma nova geração foi apresentada bem mais sofisticada, atual e se aproximando de seu irmão maior, o belo crossover, a princípio chega por aqui no último trimestre desse ano, e com certeza vai fazer muito sucesso na briga com Volkswagen taos.
Tiggo 7 pro, para diferenciar principalmente, o mesmo de seu antecessor, outra novidade é que ele também adota a mesma plataforma do irmão maior Tiggo 8, e compartilha muitas coisas principalmente com o mesmo, e em dimensões que cresceu pouquíssima coisa.
Acima de tudo São quatro metros e 50 de comprimento 2,67 de entre-eixos um e Oitenta e Quatro de largura curioso é que os crossover são muito altos na China
E por lá ele mede 1,74 de altura Para efeito de comparação primeiramente, o nosso tiggo 8 por aqui tem 1,70 e por lá 1,78  o tiggo 7 pro pesa 1421 kg e comporta ótimas 475 litros de bagagem no porta-malas.